quarta-feira , 18 julho 2018
Home / Agricultura / Emater/Ascar de Tuparendi realiza Dia de Campo sobre manejo de solo e água

Emater/Ascar de Tuparendi realiza Dia de Campo sobre manejo de solo e água

No dia 17 de maio,  a EMATER/RS-ASCAR, de Tuparendi, realizou encontro técnico sobre manejo de solo e água. Na parte de manhã, foram reunidos agricultores de 20 famílias que fazem parte da Chamada Pública em Agroecologia, prevista no Programa de Assistência Técnica do Ministério do Desenvolvimento Agrário, com o objetivo de realizar a avaliação das atividades até então realizadas e planejar as ações para o próximo ano.

Participaram, na ocasião, os engenheiros agrônomos Gilmar Francisco Vione e Fernando Dornelles Fagundes, ambos Assistentes Técnicos da EMATER/RS-ASCAR, do Escritório Regional de Santa Rosa. Os mesmos explicaram sobre as plantas de cobertura – tanto de inverno como de verão –, e a importância delas para recuperação e melhoria da estruturação e fertilidade do solo – tanto em lavouras anuais, como nas de cultivos perenes, como é o caso da fruticultura. Falaram ainda, sobre o sistema integrado de práticas de conservação de solo.

Na parte da tarde, foi realizada prática de campo em uma estação localizada na propriedade do Senhor Luiz de Conti e família, em São Roque, da qual participaram outros agricultores convidados. No local, foi escavada uma trincheira na lavoura, além de expostos três Monolitos (blocos de solo) de três áreas diferentes: uma de campo nativo, uma de área com pastagem perene (grama tifton) e outra da área de culturas anuais. A intenção foi mostrar na prática o perfil de solo, e os problemas relativos ao manejo e conservação de solo que estão ocorrendo nas propriedades.

Na ocasião, o engenheiro agrônomo Fernando Dornelles Fagundes, abordou sobre as práticas conservacionistas para reduzir as perdas de solo e água por erosão como: Descompactação do Solo – pode ser realizada com subsolagem e, preferencialmente, utilizando sulcadores tipo facão nas plantadeiras, além da implantação de espécies de plantas com bom sistema radicular para reestruturação do solo. A descompactação melhora a infiltração de água no solo e o desenvolvimento das raízes das plantas; contribui para maior armazenamento de água no solo, disponibilidade de água para as plantas e controle da erosão. Semeadura transversal ao declive (plantio em nível) – gera economia de combustível; melhora a distribuição de sementes e fertilizantes; ancora e evita o arraste dos resíduos culturais pela água da chuva; reduz a velocidade do escoamento superficial; aumenta a infiltração de água de 40 a 50%, consequente reduz a perda de água e solo por erosão. Rotação de culturas – é o cultivo alternado e sucessivo de espécies numa mesma área, em safras agrícolas consecutivas. Favorece o controle de pragas, doenças e plantas daninhas; produz maior quantidade de resíduos culturais e proporciona melhor cobertura do solo; recicla e disponibiliza nutrientes às culturas; promove a biodiversidade da fauna do solo; melhora a estrutura e a infiltração de água no solo e a eficiência no controle da erosão; melhora a fertilidade e aumenta a produtividade. Teraceamento em plantio direto – interrompe o escoamento superficial e a formação de sulcos na lavoura; retém e infiltra mais água no solo; contribui para a regularização da vazão dos mananciais hídricos e armazenamento de água nas barragens.

Os participantes tiveram oportunidade de questionar e trocar experiências sobre o assunto, afinal, o objetivo da explanação é incentivar as famílias a adotarem essas práticas, buscando minimizar as perdas de água e solo por erosão.

Será implantada, também, uma área demonstrativa com diversas espécies e plantas de cobertura de inverno, na propriedade do agricultor do Senhor Estefano Cappellari. Além de mostrar as alternativas de inverno, queremos, posteriormente, implantar espécies de verão. O objetivo é que este assunto seja continuado, pois o solo é a base da produção, e reforçamos o pedido de que as ações devem ser implementadas para que alcancemos resultados positivos.

Matéria elaborada por Albino Motter, Técnico em Agropecuária, EMATER/RS-ASCAR de Tuparendi.dia de campo emater. 1dia de campo emater.2

Comentários

comments

Veja Também

agro comercial tuparendi 2

Agro Comercial Tuparendi promove treinamento para inseminação artificial

No dia 21 de junho a Agro Comercial Tuparendi, promoveu mais um treinamento de inseminação ...