quinta-feira , 18 outubro 2018
Home / Destaque / Estratégias de Saúde da Família de Tucunduva implementa programa para combater tabagismo

Estratégias de Saúde da Família de Tucunduva implementa programa para combater tabagismo

A gestão e a governança do controle do tabagismo no Brasil vêm sendo articuladas pelo Ministério da Saúde por meio do INCA, o que inclui um conjunto de ações nacionais que compõem o Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT). Uma das estratégias essenciais tem sido a formação de rede de parcerias com representações das secretarias estaduais e municipais de Saúde e de Educação, que junto com o INCA/Ministério da Saúde desenvolvem atividades de coordenação/gerência operacional e técnica do Programa.
O tabagismo, causado pela dependência física à nicotina, é fator de risco para aproximadamente 50 doenças diferentes. O tabagismo ativo ou passivo agride as células endoteliais prejudicando seu funcionamento normal. A nicotina substância encontrada nos derivados de tabaco agem no aumento da contração dos vasos sanguíneos, acelerando a frequência cardíaca, aumento da pressão arterial, que podem leva rà isquemia e ao IAM (infarto agudo do miocárdio). Já o monóxido de carbono produzido através da queima do cigarro, causa diminuição da oferta de oxigênio ao coração, levando também à isquemia, privando alguns órgãos e membros do oxigênio, causando deficiência na oxigenação dos tecidos, podendo assim ocasionar doenças como a aterosclerose. Assim a junção da nicotina com o monóxido de carbono pode provocar diversas doenças cardiovasculares, além de outras, relacionadas à cânceres nos mais diversos órgãos, como também o câncer de boca.
Em 2018, o primeiro grupo teve início no dia 06/04, na ESF I, coordenada pela equipe multidisciplinar da Atenção Básica. O programa consiste, inicialmente em uma avaliação individual e em 4 sessões estruturadas, com abordagem cognitivo-comportamental. O programa também oferece medicação mediante avaliação médica, avaliação e atendimento com dentista, consultas médicas agendadas e apoio da equipe de atendimento para acompanhamento do paciente durante todo o tratamento até completar 1 ano da cessação.
As pessoas que desejam parar de fumar e interessadas no programa, devem comparecer nas Unidades de Saúde e deixar um contato e até mesmo procurar a sua Agente Comunitária de Saúde. Um próximo grupo está previsto para início de Setembro.

Texto: Priscila Tahani Michelsen Zartantitabagismo

 

Comentários

comments

Veja Também

IMG_3828

Prefeitura de Novo Machado realiza atividades em homenagem ao Dia das Crianças

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Lazer realizou de Novo Machado, nos dias ...