terça-feira , 21 agosto 2018
Home / Destaque / Jonas anuncia que assumirá Secretaria da Industria e Comércio

Jonas anuncia que assumirá Secretaria da Industria e Comércio

O Vereador Jonas Fernando Hauschildt, do PP, anunciou oficialmente nesta quinta-feira,  que aceitou o convite para assumir a Secretaria da Indústria e Comércio de Tucunduva.  Este poderia ser mais um simples anuncio de um novo Secretário, mas não é.  Pela postura adotada pelo Vereador durante todo o período de Governo de Marcelo Burin,  a nomeação é polêmica e naturalmente carece de explicações.  Desde o início da atual gestão, Jonas tem adotado uma postura crítica ao Governo, e o auge desta  “crise”,  ocorreu no final de 2017, por ocasião da eleição da Mesa Diretora da Câmara, quando o Jonas votou no candidato do MDB, preterindo o candidato do seu  partido. Naturalmente que a  atitude desagradou o PP, e circularam até mesmo boatos de uma possível expulsão de Jonas do PP, fato que acabou não se concretizando,  e possibilidade sempre negada oficialmente pela direção do partido.

E as explicações começaram a acontecer, pelo menos por parte do Vereador, e futuro Secretário.  Em entrevista a Rádio Olinda, Jonas explicou que esta não foi a primeira vez que foi convidado por Marcelo para integrar sua equipe.  “Fui convidado duas ou três vezes no ano passado,  mas entendi que não era o momento de fazer parte do Governo”, informou Jonas. Com relação a postura crítica que vinha tendo com a Administração Municipal, Jonas afirma ter sido coerente com  o comportamento adotado em seu primeiro mandato, quando fez oposição contundente ao Governo Paulo.  “Eu fiz um trabalho de fiscalização muito forte durante a Administração do Paulo.  Ao me reeleger, por uma questão de coerência eu não poderia assumir um papel diferente. A cobrança que eu fazia no Governo passado  não era por que o Paulo era  MDB. Eu cobrava porque este é o meu papel. Tem que acabar esta história da gente defender  este ou aquele pelo simples fato de ser do seu partido. O Vereador não é eleito apenas para representar o Prefeito, ou ser contra o Prefeito. E em nome desta coerência, é que eu continuei adotando esta postura, de fiscalizar,  durante o Governo Marcelo”,  declarou  o Vereador.  Jonas fez referência também a política interna na Câmara. Ele explica que ao concorrer pela segunda vez a presidência da Mesa Diretora, fez questão de montar uma chapa pluripartidária,  fato que ele refuta ser um dos motivos da boa relação entre os atuais  Vereadores.  Jonas também fez menção a sua polêmica opção de votar em um nome do MDB para presidência da Câmara em 2017, em detrimento do candidato do PP. “Não levei em consideração a questão partidária.  Votei na pessoa, um homem com três mandatos de Vereador, e ele está fazendo um ótimo trabalho na Câmara”, comentou Jonas.DSCF7153

Durante a entrevista, Jonas também justificou a mudança de postura,  e porque aceitou assumir um cargo no Governo que até então criticava. Negou com veemência que aceitou o cargo por interesse salarial. “Se fosse por isso teria aceitado antes, eu recebi outros três convites e rejeitei”, justifica o futuro Secretário.  Ele afirma que assumir a Industria e Comércio é um desafio, e que antes de aceitar o convite conversou com vários empresários do município, expondo suas ideias e ouvindo sugestões. Explicou também que quando foi convidado pela primeira vez o município passava por muitas dificuldades, com déficit financeiro. “Fazem cinco anos que o município fecha o caixa no negativo. Este mês  o município fechou com R$ 440 mil positivos”, informou  Jonas, que arrematou: “Eu já falei pro Prefeito, que não estou indo pra Administração para trabalhar pro partido e nem para trabalhar para o Marcelo. Eu estou indo para trabalhar para a comunidade. Eu vou continuar com o trabalho de Vereador lá dentro daquela Prefeitura, senão mudar eu volto em dois dias”, disse o Vereador, dando a entender que pretende ter uma atuação independente na Administração.

Sobre os planos para quando assumir, Jonas diz que irá continuar dialogando com o setor empresarial,  que tentará  buscar linhas de microcréditos para pequenas empresas, buscará parceria com o SEBRAE, a realização de  uma feira de queima de estoque,  entre outras ações. “Nós temos vários planos e ações, que 90% não necessitam de recursos , mas de vontade.  Tem muito governante que só sabe trabalhar com dinheiro na mão, e o verdadeiro gestor tem que saber trabalhar quando não tem dinheiro”, acrescentou Jonas, que deverá ser nomeado oficialmente na próxima semana.

Quem é o novo Secretário

Jonas Fernando já foi conselheiro tutelar e Coordenador dos Conselhos Tutelares da Região Noroeste. Trabalhou na empresa Jonh Deere e na antiga empresa De Prima e foi presidente da Câmara em 2015 e 2017. Presidiu por 2 vezes as Comissões na Câmara, e foi  citado para compor a chapa majoritária em 2016…atualmente ao lado da esposa Rubiane , é proprietário de um empresa que atua no ramo de vestuário, e está graduando o Curso Superior em Gestão Pública.

O que muda na Câmara com a saída de Jonas

A saída de Jonas da Câmara não implica somente em um  novo Secretário na Administração Municipal. É fato que este ano alguns projetos de lei importantes deverão  ser apreciados e votados na Câmara, e a postura crítica que Jonas vinha adotando até então não dava segurança de que estes projeto seriam aprovados. Assumindo uma Secretaria Jonas  além de ter oportunidade de mostrar o seu potencial,  abre espaço para que o suplente Luis Patias(foto), do PP,  assuma uma cadeira.  Mais afinado com o partido, Patias deverá dar mais segurança de que estes projetos sejam aprovados, e também deverá devolver a base governista o comando da mesa diretora no final do ano.

????????????????????????????????????

Comentários

comments

Veja Também

72dd3252-d1cb-4639-a4aa-830823211641

O Paisagismo em Tuparendi

  Por Clovis Medeiros                 Morar em cidades grandes é muito estressante. Prédios altos impedem ...