domingo , 21 outubro 2018
Home / Destaque / Prefeito decreta estado de calamidade publica e novo movimento de apoio aos caminhoneiros deverá acontecer nesta segunda em Tucunduva

Prefeito decreta estado de calamidade publica e novo movimento de apoio aos caminhoneiros deverá acontecer nesta segunda em Tucunduva

Lideranças de Tucunduva  começaram a receber na manhã de hoje,  via aplicativo WhatsApp,  convite para uma reunião que seria realizada na sede da ACISAT a partir das 14 horas, para debater sobre um novo ato de apoio a greve dos caminhoneiros, que completa uma semana. A inciativa partiu do Prefeito Marcelo Burin,  e o convite veio acompanhado de um folder convocando para uma suposta “Paralisação Nacional”, nestreunião 2a segunda-feira.    A mesma teria surgido de um movimento na rede social Facebook.

A reunião aconteceu com a presença de representantes do setor de cooperativas, empresários,  e políticos locais(foto). O grupo decidiu por uma nova manifestação nesta  segunda, 28.  O Prefeito informou que devido a falta de combustível  o transporte escolar foi cancelado a partir de amanhã(28),  e que não haverá atendimento ao  público na Prefeitura  por tempo indeterminado, conforme consta em nota publicada no Facebook da Prefeitura.  Em função da falta de combustível no município, o Prefeito Marcelo Burin, decretou “Estado de Calamidade Pública”.

O grupo reunido na ACISAT também decidiu que nesta segunda o comércio será convidado a fechar as portas a partir das 15 horas,  e um novo ato publico será realizado no chamado “Trevo da Bandeira”, junto a ERS 344 na saída para Horizontina.  Informações também dão conta de que a Prefeitura deverá deslocar as máquinas até o trevo desde a manhã, e existe a intenção de bloquear a passagem de tratores e  caminhões na rodovia.

Comentários

comments

Veja Também

44126900_2134406850109636_6300655115573395456_n

Veja as noticias da municipalidade de Novo Machado. Serviço de recuperação de estradas após chuva são destaques

Prefeitura Inicia Recuperação Da Estrada Principal Em Lajeado Marrocas e Prevê Recuperação Em Mais de ...