sexta-feira , 24 novembro 2017
Home / Saúde / Saúde de Novo Machado promove 1º Encontro de Diabéticos e Hipertensos

Saúde de Novo Machado promove 1º Encontro de Diabéticos e Hipertensos

Utilizando como estratégia em saúde, a equipe do ESF-01, localizada na cidade de Novo Machado, realizou o 1° encontro do Grupo HD, Hipertensos e Diabéticos, no dia 29 de agosto. O grupo tem como coordenação o médico Marcio Monticielo e a enfermeira Vera Joseane, e funciona como uma ferramenta na promoção e na adesão ao tratamento de diabéticos  e hipertensos, pois prepara o indivíduo para lidar com suas novas necessidades e garante sua participação efetiva no processo de prevenção da  doença e das suas complicações, relata o Dr. Marcio Monticielo.

Adesão é muito mais que simplesmente cumprir determinações do profissional de saúde; é ter autonomia e habilidade para aceitar ou não as recomendações dos profissionais de saúde, tornando-se participantes ativos do processo de cura (Pontieri & Bachin, 2010).
O paciente torna-se mais ativo quando existe  uma participação efetiva dele com o seu  processo de cura , e isto é o reflexo da práxis em saúde que a equipe realiza ,fortalecendo um  vínculo com a equipe de saúde  e o paciente , explica a Enfermeira Vera Joseane.

Tendo em vista esta importância, o papel do agente comunitário de saúde (ACS) na adesão ao tratamento é essencial, pois é ele que aproxima o paciente da unidade de saúde. No caso de diabetes e hipertensão, o ACS pode trabalhar de forma simples e objetiva, dentro da sua competência, a importância de seguir um plano alimentar para o controle do diabético e/ou hipertenso; o incentivo à prática de atividade física; a importância de seguir corretamente a prescrição de medicamentos feita pelo médico; como fazer a interpretação se a glicose ou a pressão arterial está elevada ou controlada; a importância de seguir o tratamento para diminuir os riscos de desenvolvimento das complicações do diabetes e/ou hipertensão.
E esta ação educativa deve acontecer de forma gradativa, contínua, interativa e adequada, considerando-se as características do paciente, relata  o   médico Marcio, da Estratégia da Familia – 01 , pois isto acontece  através de atendimento individual ou realização de grupos com outros pacientes, na sala de espera, em visitas domiciliares, atividades específicas para diabéticos ou hipertensos, etc .

 

 

Comentários

comments

Veja Também

hospital de tuparendi

Hospital de Tuparendi recupera condição de entidade filantrópica

Uma boa nova foi publicada ontem na página oficial da Prefeitura Municipal de Tuparendi no ...