segunda-feira , 20 agosto 2018
Home / Colunas/Artigos/Esportes / Tuparendiense Luan Santos integra Escola de Futebol ligada ao Grêmio

Tuparendiense Luan Santos integra Escola de Futebol ligada ao Grêmio

Luan Gomes dos Santos, sempre  foi apaixonado por esportes,  e durante muitos anos teve uma forte ligação com a Academia Bello Centro de Tuparendi,  onde atuou por  7 anos.  “Eu entrei na Academia aos 12 anos  como aluno da Escolinha, e assim foi  ate 2008 quando fui convidado a ser treinador de goleiro , depois passei a treinador,  obtendo no ano de 2012 o  titulo da taça cidade Tuparendi com a categoria Sub-12”, conta Luan.  O bom trabalho desenvolvido  na Academia deu visibilidade a Luan, que em 2015, já sendo estudante do curso de Educação Física,  foi convidado a trabalhar como como analista de desempenho das categorias de base da SER Santa Rosa, durante a disputa do  estadual 2016 luan santosnas categorias Sub-20, Sub 17 e Sub-15, “Foram 2 anos de Ser Santa Rosa muito aprendizado, obtendo como melhor resultado o  4º lugar do estado na categoria sub-15 no ano de 2016”, conta Luan, atualmente no 9º Semestre de Ed. Física na Unijui.

Mais uma vez o  trabalho desenvolvido  por Luan rendeu frutos, e em abril deste ano  veio convite para integrar a  Escola do Grêmio de Santa Rosa conveniada ao Grêmio de Porto Alegre para trabalhar como Supervisor de todas as categorias da escola, uma experiência que segundo ele,  esta sendo muito boa:  “Só tenho agradecer ao Darci e ao Álvaro pela confiança, um belo projeto que hoje conta com 150 crianças, e que se destaca pelo seu trabalho sério e de muita qualidade”, reconhece Luan.  A Escolinha do Grêmio de Santa Rosa é uma iniciativa do Advogado tucunduvense, atualmente radicado em Santa Rosa, Alvaro Vieira, e do ex-jogador de futebol Darci, que se destacou jogando em equipes como Grêmio, Palmeiras e Fluminense, e que surgiu para o futebol quando jogava em Tucunduva.

Apesar de seu amor pelo esporte, em especial pelo futebol, Luan Confessa  que a ideia não  é seguir neste esporte, ele pretende trabalhar  como professor em escola: “O que eu quero mesmo é trabalhar em colégio.  exercer a profissão de professor , mas  o futuro só a Deus pertence, só tenho agradecer aos meus pais Hélio e Landa pelo apoio e pela força que me deram até hoje, e agradecer todos amigos que de uma forma e outra ajudaram nessa caminhada”, encerra Luan.

 

Comentários

comments

Veja Também

carolina 3

Jovem estudante de Enfermagem de Tuparendi tem artigo publicado no jornal Zero Hora

A publicação de um artigo no Jornal Zero Hora, o principal jornal do Rio Grande ...