quinta-feira , 18 outubro 2018
Home / NOTICIAS / Vendaval causa estragos na região e em todo Estado

Vendaval causa estragos na região e em todo Estado

As chuvas e o vento registrados na noite desta segunda-feira na região, também atingiram outros pontos do Estado, inclusive com o registro de uma morte. Veja abaixo reportagem publicada no Clicrbs sobre o vendaval.

Vendaval causou pelo menos uma morte no Estado

Um vendaval atingiu vários  municípios do Interior do Rio Grande do Sul entre a noite de segunda-feira (11) e a madrugada desta terça-feira (12). Há relatos de casas destelhadas e postes caídos em cidades do Vale do Caí, da Serra, da Região Central e do Norte gaúcho — onde o temporal causou uma morte no pequeno município de Ciríaco.

A morte do morador ocorreu na área rural de Ciríaco. De acordo com familiares, o vento forte derrubou a casa de madeira em que José de Arquiles morava. Ele foi levado por parentes até o Hospital São José, em David Canabarro, onde não resistiu aos ferimentos. De acordo com o laudo médico do hospital, a vítima sofreu politraumatismo no corpo e fratura no crânio. A idade dele não foi revelada.

Conforme o vice-prefeito de Ciríaco, Odacir Melo, o município está sem luz e teve postes e árvores derrubados.

— Nós mobilizamos nossas equipes agora no amanhecer para ter noção do ocorrido. A situação é horrível — resumiu.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil estadual no Norte do Estado, major Ricardo Mattei Santos, há também uma pessoa ferida no município de Água Santa — um dos mais atingidos da região. Também há relatos sobre estragos pontuais em Coxilha, Mato Castelhano, Gentil, Vila Lângaro e Victor Graeff. Segundo a Defesa Civil, houve vento forte na tarde de segunda e novamente na madrugada desta terça.

Também há relatos de estragos em Sarandi, onde houve temporal com granizo na noite de segunda. Segundo a Defesa Civil, o fenômeno começou por volta das 20h e danificou o telhado de diversas casas. As vilas Santa Catarina, Santa Gema, Vicentina e Esperança estão entre as regiões mais afetadas pela chuva de pedra. Até o momento, o órgão não contabilizou o número de imóveis afetados. A força do vento tombou dois caminhões porcadeiros vazios que passavam pela ERS 404, destruiu rede elétrica e uma casa que ficava às margens da rodovia, além de deixar árvores arrancadas.(foto).sarandi

Em Tupanciretã, na Região Central, a Defesa Civil confirmou 40 casas destelhadas por causa do vento.  Os outros municípios com relatos de estragos são Bom Princípio e São José do Hortêncio, no Vale do Caí, Tupandi, na Serra e Salvador do Sul, no Vale do Taquari.

Região Noroeste também foi castigada

Na região existem registros de estragos em Crissiumal, onde o vento destelhou algumas casas,  em Santa Rosa, onde houve chuva de granizo em pontos isolados, com aproximadamente 20 casas sendo atingidas e sofrendo prejuízos, com pedras de gelo “do tamanho de um ovo”, segundo informou um morador de Lajeado Pessegueiro ao Jornal Noroeste. Também foram registrados prejuízos nas cidades de Porto Xavier, Porto Lucena e Giruá, onde existe a estimativa de que mais de 100 casas tenham sido danificadas. santa rosa crissiumal

 

Comentários

comments

Veja Também

reunião suinocultura 2

Secretaria da Agricultura de Tuparendi promove reunião com suinocultores

Na noite do dia 26 de setembro, foi realizada em Tuparendi, uma reunião com suinocultores ...