fbpx
Home / Destaque / Padrasto é indiciado por estupro e mãe por omissão em Crissiumal

Padrasto é indiciado por estupro e mãe por omissão em Crissiumal

A Delegacia De Polícia De Crissiumal remeteu à Justiça um inquérito policial instaurado para a apuração do crime de estupro de vulnerável, com pena que  varia de oito a quinze anos de reclusão.

Segundo o delegado  William Garcez, responsável pela investigação, o fato envolve vítima adolescente e foi praticado “no âmbito da unidade doméstica e familiar”, pois os elementos da investigação apontam que o abuso foi praticado pelo companheiro da mãe da vítima.

O delegado informou que a mãe da vítima também foi indiciada pois, na condição de “garante”, de acordo com a lei, tinha o dever jurídico de impedir o resultado danoso à sua filha, sendo que a sua “conivência” implica em coautoria (participação) por omissão no crime de estupro praticado pelo seu companheiro contra a sua filha.

Comentários

comments

Veja Também

Academia ao Ar Livre está liberada para uso em Vila Pratos

Os moradores do Distrito de Vila Pratos, já podem usufruir da nova “Academia Vida Ativa” ...