fbpx
Home / Destaque / Professores seguem em greve e pedem apoio do comércio em Tucunduva

Professores seguem em greve e pedem apoio do comércio em Tucunduva

Um grupo de professores da rede estadual de ensino, está percorrendo a cidade de Tucunduva  visitando o comércio para explicar as razões da paralisação e buscar apoio ao movimento que já dura mais de 15 dias. Na última terça, 3, os professores estiveram na ACISAT, que declarou apoio oficial ao movimento.  O CEPERS/Sindicato emitiu uma nota  direcionada a classe empresarial explicando os motivos da greve ( veja íntegra abaixo). Nesta sexta representantes dos professores de Tucunduva participam de uma Assembleia na cidade de Santa Rosa para avaliar a greve (última foto da galeria). Na próxima terça-feira, 10, um grupo de professores de Tucunduva estará viajando até Porto Alegre para participar de uma grande mobilização que está sendo preparada pela coordenação  do movimento.

Mensagem aos comerciantes e lojistas do Rio Grande do Sul Nós, professores(as) e

Funcionários(as) de escola da rede estadual do Rio Grande do Sul, pedimos a sua atenção e apoio. Estamos há cinco anos com os salários congelados e há 48 meses sem receber em dia, amargando perdas que representam mais de 1/3 do poder de compra. Somos mais de 150 mil educadores(as) na ativa e aposentados(as). Com nossos familiares, chegamos a milhões afetados pela política de destruição da escola pública. O governo fala em crise. Mas já estamos pagando, junto com você, por esta crise há anos.  Ao invés de consumir nos estabelecimentos das nossas cidades e fazer girar a economia local, precisamos arcar com intermináveis juros e empréstimos para sobreviver. É um círculo vicioso que mantém a economia gaúcha deprimida, reduz as receitas do Estado e, ao invés de melhorar, apenas aprofunda a crise. Nosso Rio Grande, e o seu comércio, só têm a ganhar com servidores(as) bem pagos e valorizados. Por isso precisamos da sua ajuda. Abrace a greve da educação. Se possível, fixe uma mensagem na vitrine da loja. Em anexo a esta carta, enviamos uma sugestão de cartaz. Seremos eternamente gratos e o seu estabelecimento será recomendado pelos educadores(as) a toda a comunidade escolar, bem como nas redes sociais do CPERS/Sindicato. Você pode contar conosco. Queremos contar contigo. Essa luta é de todos nós!

Comentários

comments

Veja Também

Cartório Eleitoral determina mudança de uma seção em Tuparendi

A Juiza Miroslava do Carmo Mendonça,  publicou despacho mudando uma seção de local em Tuparendi.  ...