21.85°C Tuparendi

Músicos e escritores tucunduvenses juntam-se e se destacam em festival nativista

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Iedo 2

No último final de semana foi realizado em Santo Cristo,  a 15ª edição da “Quarteada da Canção Nativa”, considerado um dos mais importantes festivais de música nativa gaúcha do Rio Grande do Sul. O festival reúne grande expoentes da música regional, sendo que em sua grande maioria são músicos e compositores profissionais, fato que engrandece ainda mais o feito de quatros tucunduvenses que participaram do festival.  São eles Iedo Madalozzo, radicado na Foz do Iguaçu, Clademir Peterson Soares, o “Bimbo”, radicado em Horizontina,  Sadi Camera e Danilo Fagundes, estes últimos moradores de Tucunduva.  Neste tipo de Festival, a organização do evento propõem um tema, e as composições são feitas a partir do tema sugerido. O tema da “Quarteada” deste ano foi “Cultivando Amigos”, assunto  que diz respeito aos quatro artistas tucunduvenses.

Morando na cidade de Foz do Iguaçu, Iedo já é um músico conhecido, com discos gravados e participações em festivais. Bimbo é um velho ganhador de festivais desde a década de 80, dono de uma voz potente a afinada. Sadi Camera e Danilo Fagundes, são membros da Alenrio, a nossa “Academia de Letras”. O professor Sadi é autor de vários livros, mas ficou muito conhecido ao assinar o roteiro do curta “A Feiticeira de Tucunduva”,  filme produzido pela RBS TV que amealhou vários prêmios, inclusive fora do Brasil. Já Danilo Fagundes é reconhecido como um dos principais autores de músicas do segmento “banda”, tendo trabalhos gravados pelos principais grupos musicais do Rio Grande do Sul, com sucessos como “A Lua e Noite”, “Mulher Transgênica” e vários outros.

Na “Quarteada” o grupo inscreveu a música “Amigo é Coisa Sagrada”, com letra de Sadi e Danilo e melodia composta por Iedo e Bimbo, responsáveis também  pela apresentação da composição no palco do Festival, que teve 25 concorrentes. Os tucunduvenses alcançaram um honroso 3º lugar, feito muito comemorado por todos. “É um festival importante, concorremos contra músicos profissionais consagrados, e estamos muito felizes, pelo resultado e principalmente por poder rever grandes amigos como o Bimbo, o Sadi e o Danilo, todos com um grande talento, além de outros amigos que tivemos o prazer de reencontrar”, comenta Iedo. Ao receber o prêmio o quarteto fez questão de posar para as fotos junto a uma bandeira de Tucunduva, enaltecendo a terra que viu nascer Iedo, Bimbo e Sadi e tão bem acolheu o tuparendinese Danilo Fagundes.

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

últimas notícias

veja também

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Shopping Basket