14.89°C Tuparendi

Tucunduva vai receber Programa Itinerante do Memorial da Evolução Agrícola

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
6662091f8684e583399fca95_identidade-deslocamentos

Para celebrar a memória e promover a valorização do patrimônio cultural da região Noroeste do Rio Grande do Sul, o MEA – Memorial da Evolução Agrícola apresenta o projeto Deslocamentos MEA. A iniciativa, inaugurada  em Porto Vera Cruz, faz parte do quadro de programas permanentes da instituição e terá sua primeira edição em 2024. Todas as atividades são gratuitas e de classificação livre.

‍A partir de junho, o Deslocamentos MEA passará por sete municípios, um após o outro. São eles: Porto Vera Cruz, Tucunduva, Três de Maio, Nova Candelária, Boa Vista do Buricá, São José do Inhacorá e Horizontina. A proposta busca levar conhecimento sobre temas da cultura, museologia e memória, além de promover diálogos com as comunidades locais.

‍Para Carla Borba, coordenadora do Educativo, Cultural e Socioambiental do MEA, ir para além do ambiente da instituição também significa acessar outras formas de trabalhar a questão da preservação do patrimônio cultural e da educação. “Estamos nos deslocando para gerar encontros com os outros agentes culturais. Pessoas que fazem esse alinhavo nas comunidades daquilo que a gente propõe aqui no Memorial. Trata-se de encontrar esses vizinhos e entender como que o MEA pode colaborar e fortalecer com as realidades dessas comunidades em assunto para debates”, explica.

Como vai funcionar

‍O programa é composto por dois eixos: a exposição, que pretende se integrar à rotina de cada município, propondo reflexões sobre as transformações e os movimentos da cultura, memórias e do patrimônio cultural;  e o Fórum Setorial MEA, que será um momento de formação por meio de oficinas e diálogos. As oficinas ocorrem todas em um mesmo dia, já a exposição ficará disponível alguns dias em cada localidade.

‍Para compor a exposição e as oficinas foi montado um time de artistas e pesquisadores, com a curadoria de Estevão da Fontoura, artista multimídia, doutorando em Poéticas Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e professor de Arte no Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Osório. Dessa forma, o programa se converte também em uma opção de formação técnica para os interessados na área. Na agenda, assuntos como a legislação do campo da museologia e do patrimônio cultural, a preservação de fundos e coleções documentais como patrimônio cultural e a importância do inventário participativo para a preservação destes ativos.

‍Além disso, o Deslocamentos MEA também será um espaço para a criação e experimentação, convidando a comunidade a trazer seus relatos e também colaborar com a mostra itinerante. Confira abaixo a programação completa, conheça as oficinas e participe!

Como será em Tucunduva

Em Tucunduva a abertura do Museu Itinerante acontecerá às 18h30min. do dia 20 de junho, na Companhia de Artes Criativa, localizada junto ao prédio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

No dia 21 de junho haverá Oficinas do Forum Setorial MEA com a seguinte programação:

9h as 11h

🔸 Inventário participativo para a preservação do patrimônio cultural

🔸 Legislação do campo da museologia e do patrimônio cultural

14h as 16h

🔸 Organização de reserva técnica e conservação de acervos

🔸 Preservação de fundos e coleções documentais como patrimônio cultural

Já o período de exposição do Museu Itinerante será de 20 a 28 de julho.

 

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

últimas notícias

veja também

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Shopping Basket