21.85°C Tuparendi

Leite deve anunciar pré-candidatura ao governo do Estado na segunda-feira

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
eduardo leite

Pouco mais de dois meses após renunciar ao mandato de governador, Eduardo Leite deverá anunciar na próxima segunda-feira (13) a pré-candidatura à reeleição. Com o ato, ele entrará oficialmente na corrida ao Palácio Piratini no lugar do atual governador, Ranolfo Vieira Júnior.

O presidente do PSDB gaúcho, deputado Lucas Redecker, confirmou que a executiva estadual do partido se reunirá na segunda, em Porto Alegre, ao meio-dia. Para as 13h, foi marcada uma entrevista coletiva, na qual deve ocorrer o anúncio oficial. O ato será na sede do PSDB gaúcho, no centro da Capital.

Redecker, entretanto, deixa em suspense o teor do anúncio na coletiva:

— A possibilidade da definição é muito grande. O Ranolfo hoje é nosso pré-candidato, e eles estão conversando. A partir da reunião, a tendência é de termos a decisão.

Leite e Ranolfo têm conversado com frequência, e o governador sempre disse que não seria empecilho caso o antecessor decidisse concorrer ao cargo novamente.

Desde o final de abril, quando desistiu oficialmente de disputar a indicação do PSDB para concorrer a presidente, Leite tem percorrido o Estado para “defender o legado” de seu governo. Na prática, cumpre agenda de pré-candidato, inclusive ofuscando Ranolfo em eventos nos quais ambos participam.

Com o provável anúncio de Leite, crescerá ainda mais a pressão sobre o MDB para que a sigla apoie a candidatura do tucano. Até o momento, a legenda mantém a pré-candidatura do deputado Gabriel Souza ao Palácio Piratini.

Redecker avalia que uma aliança entre os dois partidos seria “muito importante para o Rio Grande do Sul”:

— Não podemos tirar a legitimidade do MDB em apresentar candidatura. Agora, entendemos que os partidos que estiveram na base dos governos Eduardo Leite e Sartori devem dar continuidade ao trabalho de reestruturação do Estado.

Em entrevista concedida em Pelotas, nesta quinta-feira, Leite evitou mais uma vez confirmar que é pré-candidato, disse que o PSDB está em seu “momento de decisão” e falou sobre o diálogo com o MDB.

— É legítimo que cada um tenha aspiração pessoal, é legítimo que cada partido tenha sua aspiração de protagonizar, mas é importante que a gente consiga um entendimento para fortalecer o projeto (de governo) —afirmou.

Fonte: GZH – Paulo Egídio e Rosane de Oliveira

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

últimas notícias

veja também

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Shopping Basket